Minha vida no Vale do Silício

Vale do Silício – Como é morar aqui

Se você tá aí se perguntando: “Porque diabos Carol vai compartilhar a vida no Vale do Silício?”, xô te dizer.

Eu vou compartilhar esse assunto tão pessoal aqui porque um monte de gente que me acompanha sempre me manda mensagem querendo saber como é a minha vida no Vale do Silício, então, atendendo a esses pedidos, aqui estou eu te convidando a entrar um pouco mais na minha vida.

Ah… Vale lembrar que o meu intuito não é tirar dúvidas sobre os EUA, sobre visto, sobre aluguel de casa, sobre compra de carro, sobre nada disso, tá? Eu estou trazendo esse assunto pra matar a curiosidade das pessoas que me escrevem sobre a minha vida no vale do silício, aqui na Califórnia.

Em algum outro artigo ou vídeo pode ser que eu conte como foi o meu processo de adaptação aqui entre outras coisas,  mas o verdadeiro intuito não é criar um material informativo. Quero apenas dividir com você a minha experiência e consequentemente o meu crescimento e os meus aprendizados e essas coisas, combinado?

7 curiosidades sobre Minha Vida no Vale do Silício

Curiosidade nº 1:  A primeira coisa é que eu moro numa garagem. Exatamente!!! Mas não é uma garagem qualquer. Não tem nenhum carro estacionado no tapete da minha sala e eu não abro minha porta com controle remoto. (Até que eu queria, rsrss).

Eu moro numa garagem completamente adaptada, linda, confortável e minha cara. E por que eu moro numa garagem? Porque a coisa mais normal do mundo aqui é encontrar pessoas alugando o quarto das suas casas ou transformando suas garagem em pequenos estúdios pra alugar para imigrantes.

Curiosidade nº 2:  Uma outra coisa que eu acho legal compartilhar aqui (muitas pessoas já me perguntaram por isso) é que aqui é o lugar mais caro dos Eua pra morar. Em média o aluguel de uma garagem como a minha custa 2.000 dólares.

E por que que é o lugar mais caro do mundo pra morar? Porque eu moro numa garagem mas eu sou muito chique gente (rsrsrsr), eu sou vizinha de Mark Zuckeberg. O dono no facebook mora a 15 minutos daqui, e bem, a casa dele é fantástica. (Bem que eu poderia morar na garagem dele né? Não ia ser nada mal. Eu ate deixava o carro dele no tapete da minha casa. Sem problemas…).

Aqui no Vale do Silício, para qualquer lado que você olhe você vê uma super mega empresa como o Google, o Netflix, a HP, a Nasa, então aqui é caro porque normalmente quem vem morar aqui vem pra trabalhar nessas empresas e ganham muito bem. Morar aqui na doida que nem eu, é só pra doido mesmo, inclusive desde que eu cheguei aqui eu devo ter conhecido no máximo 10 pessoas que vieram na mesma vibe que eu vim, na coragem confiando no seu próprio taco, porque não é fácil.

Curiosidade nº 3: Por falar sobre “cara e coragem”, muita pessoas já me perguntam sobre o meu visto e bem, eu sou legal, meu visto é de turista, TU-RIS-TA, e eu já estou aqui há mais de 1 ano.

Muita gente não sabe mas quando você chega aqui com o visto de turista, o seu visto é valido por 6 meses maaaaassssss ele pode ser renovado 2x ou 3x por mais 6 meses.

Eu cheguei aqui, fiquei meus 6 meses e assim que ele estava pra vencer eu solicitei a renovação. Perto de vencer novamente eu pedi mais uma vez a renovação e aqui estou. É possível, é muito simples e é uma boa saída pra quem não quer transferir de imediato o seu visto pra estudante já que isso tem um custo de mais ou menos 1000,00 dólares/mês.

Curiosidade nº 4: O meu principal meio de transporte aqui para as coisas corriqueiras é a minha bicicleta azul de cestinha branca linda, que eu comprei no Walmart por 50,00 dólares, mas eu também tenho carro aqui.

Por sinal meu carrinho é um conversível dourado muito chique que me custou 2000,00 dólares.

“Carol, mas se você usa muito a sua bicicletinha azul de cestinha branca, por que ter carro?”

Quando eu cheguei aqui todo mundo me falava que o transporte público era uma merda e eu não concordava com isso. Aqui tudo é muito limpo. O ônibus, o metro (chamado Caltrain) são muito pontuais, as pessoas são muito educadas.. Por que que esse negócio é ruim?

Bom, ele é ruim porque como aqui carro é muuuuuuito acessível (é verdade que você compra carro aqui por 1000,00 dólares), todo mundo tem 2, 3, 4, 5 carros na garagem. E aí como quase ninguém usa o tal transporte público, não sendo tãoooooo necessário, ele acabando sendo muito raro (no sentido de demorado).

Se eu quiser ir ali na casa do meu vizinho Mark Zukeberg de carro eu vou levar 15 minutos, mas se eu quiser ir de transporte público eles vão passar de 2 em 2 horas, eu vou cambiar umas 100x até chegar na casa de Markinho e isso vai me fazer perder 4 horas. Então morar aqui e não ter um carro e sinônimo de pegar um ônibus maravilhoso, seguro, limpo, com o motorista sorridente massss de 2 em duas horas.

Curiosidade nº 5: Muita gente também me pergunta onde é exatamente que eu moro. Se é na California, se é no Vale do Silício, o que é Santa Clara? Então…

O Vale do Silício é uma região da Califórnia, formada por cidades como Campbell, Cupertino, Fremont, Los Altos, Los Gatos, Menlo Park, Mountain View, Milpitas, Newark, Palo Alto, Redwood City, San Jose, Santa Clara, Saratoga, Sunnyvale e Union City, e todas essas cidades são muito perto uma das outras.

Pra você entender a distância entre elas, pensa que elas poderiam ser bairros de tão próximas. Eu já morei em 3 cidades daqui. Milpitas, San José e hoje eu moro em Santa Clara. E São Francisco fica ha 40 minutos daqui de casa, é a cidade mais famosa da baia de São Francisco, área onde fica o Vale do Silício. E tudo isso aí fica na Califórnia.

Curiosidade nº 6: Uma outra curiosidade aqui é que, a depender da cidade que você more, você pouco ouve o inglês no dia a dia. Como região do Vale do Silício concentra muitos imigrantes, principalmente latinos, a coisa mais fácil do mundo é você sair na rua, ouvir e  falar espanhol com as pessoas. No mercado, nas lojas, na feira, nos restaurantes, nos cafés…

Curiosidade nº 7: – Muitas pessoas querem vir pra cá pra conhecer as empresas e sim, da pra fazer isso, não é complicado,  mas pra você entrar nas empresas, entender realmente a alma do negócio, você tem que conhecer pessoas que trabalham nessas empresas.  Se você está vindo pra cá eu vou te dar uma dica. A melhor forma de vc conhecer pessoas nas empresas que você quer visitar, mesmo estando você ainda no Brasil, é através do Linkedin. Isso mesmo!

Procura no Linkedin pessoas que trabalham aqui nas empresas que você quer conhecer, faz um network, compartilha seu interesse em visitar a empresa e quem sabe vc recebe um convite pra almoçar com eles? Muita gente aqui faz isso. Eu já fiz isso e é maravilhoso. Você acaba tendo acesso a um mundo completamente diferentes e é muito foda.

Uma das únicas empresas que você não precisa de convite para conhecer aqui e que tem muita coisa a para ver é o google. Eu mesmo ja fui lá mil vezes (a convite e sem convite) e mesmo sem convite da pra você conhecer conhecer muito da estrutura e sentir o clima de como é trabalhar ali.

É isso! Espero que você tenha gostado desse conteúdo cheio de curiosidades.

Até mais!!

Carol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *