Como enfrentar os 3 principais medos que te impedem de empreender

Ao pensar em empreender quase todo mundo pensa em ter seu próprio negócio, mandar em seu próprio nariz, ter mais tempo livre para família e amigos, além de fazer seu próprio horário. Mas atrelado a todos esses planos e sonhos, vem inevitavelmente o medo de não conseguir dar conta, de não realizar o projeto como deveria ser feito, o medo de fracassar.

Um dos medos mais comuns que eu tenho observado é o medo de NÃO TER DINHEIRO SUFICIENTE para abrir o negócio, e se você pensa assim não se preocupe, ao longo das nossas vidas eu, você e muitos outros, aprendemos que pra começar um negócio era preciso primeiro abrir um CNPJ, comprar máquinas, contratar pessoas, produzir e só depois vender, e para isso realmente é necessário ter muito dinheiro. E nada contra a tudo isso, a depender do seu negócio, talvez seja esse o caminho, acontece que esse não é o único caminho e você pode começar o seu negócio de outras maneiras muito mais simples, com pouco ou nenhum recurso. 

Antes de abrir sua fabrica de chocolates você pode começar a vender os chocolates feitos em casa, sob encomenda. Ao invés de abrir sua loja de roupa, você pode começar a vendê-las no seu trabalho, na sua faculdade, entre seus amigos e amigos de amigos. Abra a cabeça! 

Outro medo muito comum entre aqueles que pensam em começar e empreender é NÃO TER CONHECIMENTO SUFICIENTE. E eu te digo, você não tem mesmo. Eu não tenho. Ninguém tem. E quando falo que ninguém tem é por que ninguém tem mesmo. Quando se começa algo, mesmo que tudo esteja 100% planejado, as coisas vão tomando forma a medida que o tempo passa, e de um jeito até automático vamos nos habituando e nos adequando. Aprendemos o todo com o processo. Não tem jeito. A prática é que leva a perfeição, então, por favor, foque no que você já tem e no que faz de melhor e comece! 

Por último e não menos importante está o medo de NÃO TER TEMPO SUFICIENTE pra tocar o negócio. A não ser que você tenha menos de 24 horas no seu dia, você consegue. Quando comecei o meu primeiro negócio eu trabalhava das 8 as 18, mas tinha muito tempo a noite e nos finais de semana. Algumas vezes eu usava o meu horário de almoço pra trabalhar no meu empreendimento e ainda sobrava tempo pra a sobremesa, tudo isso porque eu fazia o que tinha que ser feito, e a diferença está justamente aí.  O segredo não está no tempo que você tem e sim em como você usa o seu tempo. 

Ser empreendedor não é pra qualquer um, mas sim, pode ser pra você!

Vença os seus medos! 

Acesse também  Você Pode Escolher

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *